Blog categories

Comments

Dispositivos para áreas classificadas

As áreas classificadas são locais onde há a possibilidade de formação de atmosfera explosiva. Isso ocorre porque suspenso no ar desses ambientes pode conter substâncias explosivas como gases, líquidos, poeira e fibras combustíveis.

Essas áreas podem apresentar três diferentes graus de risco:

  • Grau contínuo: Riscos constantes ou por longos períodos.
  • Grau primário: Riscos sazonais em condições normais de trabalho.
  • Grau secundário: Risco em condições atípicas e por curtos períodos.
Áreas Classificadas

Relação entre áreas classificadas e atmosfera explosiva

Toda área classificada possui uma atmosfera explosiva em função da suspensão de partículas inflamáveis que podem gerar fogo a partir de algum tipo de ignição ou que possam servir de combustível para chamas.

As áreas classificadas são divididas em zonas que vão de 0 a 2 (para gases e vapores) e de 20 a 22 (para poeiras e fibras). Essas codificações diferenciam as áreas classificadas, no que diz respeito à natureza e frequência.

Entenda a descrição de cada zona:

  • Quando há a presença de gases e vapores:

Zona 0: local onde a presença de agentes que compõem a mistura explosiva é existente por um período longo ou de forma contínua.

Zona 1: local onde a presença de agentes que compõem a mistura explosiva é eventual em condições normais de operação.

Zona 2: local onde a presença de agentes que compõem a mistura ocorre em períodos curtos ou em condições muito específicas de operação.

Exemplo de locais: Postos de gasolina, Estação de tratamento de esgotos, hospitais e distribuidoras de GLP (gás liquefeito de petróleo).

  • Quando há a presença de poeiras e fibras combustíveis

Zona 20: local onde a nuvem de poeira potencialmente explosiva é constante ou se faz presente por longos períodos.

Zona 21: local onde a nuvem de poeira potencialmente explosiva é esporádica em condições normais de operação e realização de atividades.

Zona 22: local onde a nuvem de poeira potencialmente explosiva é pouco provável ou acontece em curtos períodos, em condições anormais de operação e realização de atividades.

Exemplo de locais: Silos, moinhos, indústria alimentícia, carvoeira, madeireira, fumageira e farmacêutica.

Áreas Classificadas e o risco de explosão

A combinação entre o oxigênio (comburente), material inflamável suspenso no ar (combustível) e uma fonte de ignição pode gerar um princípio de incêndio e uma grande tragédia. Diante disso, é muito importante ficar atento a análise correta da área classificada, levando em consideração sua extensão, tipo de atividade realizada e grau de risco da atmosfera explosiva.

São essas informações que pautarão a definição do tipo de dispositivos que podem ser usados no local, inclusive os equipamentos de prevenção e combate a incêndio.

Para as áreas classificadas, é necessário que todos os dispositivos tenham a certificação EX. Essa certificação lhe confere a garantia de que eles não irão emitir nenhuma fonte de ignição, nem gerar centelhas, faíscas ou aumento da temperatura.

Tipos de equipamentos para áreas classificadas

Existem dois tipos de equipamentos que podem ser usados em áreas classificadas: à prova de explosão (EX-d) e Segurança Intrínseca (EX-ia).

  • Á prova de Explosão (EX-d)

O equipamento á prova de explosão conta com um sistema que faz com que ele não emita faísca. Em caso de um curto circuito que pode gerar faísca, o equipamento consegue conter essa faísca dentro de si, não oferendo risco de ela sair e reagir com a atmosfera do ambiente.

Esse sistema parte do princípio do confinamento, pois consegue fazer com que a centelha permaneça confinada no equipamento.

  • Segurança Intrínseca (EX-ia)

Esse tipo de dispositivo tem como objetivo moderar a energia produzida em campo, fazendo com que ela fique em um nível seguro no qual não haja possibilidade de causar ignição.

A limitação da energia ocorre por meio de uma barreira de segurança intrínseca que assegura que os limites de tensão, corrente e potência do equipamento estejam dentro de parâmetros seguros.

Além de utilizar equipamentos de específicos para áreas classificadas, é indispensável que eles sejam certificados por organizações que fazem testes e ensaios para garantir que eles irão funcionar de forma correta.

Clique AQUI e saiba mais sobre as certificações.

Diante desse cenário bastante complexo para fazer a escolha dos dispositivos de prevenção e combate a incêndio, a Global América disponibiliza uma equipe de especialistas para ajudar a entender todos os riscos que esse tipo de área pode oferecer.

Entre em contato com a gente e sane todas as suas dúvidas quantos aos equipamentos e tenha a certeza de estar fazendo a escolha mais segura para seu empreendimento!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://globalamerica.com.br/wp-content/uploads/2018/05/bg-banner3.jpg);background-size: initial;background-position: center center;background-attachment: initial;background-repeat: repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 250px;}
Fale conosco